quarta-feira, julho 04, 2007

  • Angell
  • Viver A Quanto Obrigas!

    Meu amor, hoje o meu dia para além de cansativo; ainda fui desfalcada; ou melhor roubada, e nas minhas próprias barbas! Apanhei com uma desconhecida, num local só de acesso a nós empregados. De início ainda pensei que ela se tinha enganado na porta dos wc; mas não. Á minha pergunta "-A sra. enganou-se na casa de banho?"; a reposta foi "-É foi isso...", e desata a correr porta fora. Pois, o certo é que deu-me para investigar a minha mala; e esta não tinha o telemóvel. Isto foi tudo muito rápido; ainda saio a correr a ver se a apanho. Ela levava corda nos sapatos. Grito a um colega meu o sucedido. Ele corre como o vento; e eu de início atrás dele. Uma colega "consola-me" que ela não seria apanhada. Investigo melhor a mala; e a carteira tinha sido "limpa" do dinheiro; os cartões e documentos estavam lá. Menos mal; mas e o telemóvel? Para além de ser um modelo bom, bem estimado; estão tantos contactos (que nós nunca pensamos em escrever numa agenda); e as fotos... O meu colega voltou, e com o tlm; pois vencida pela corrida, ela pusera-se a descançar com o meu tlm na mão; e fora apanhada. Fiquei sem o dinheiro, mas apesar de tudo tive sorte.

    Agora, eu pergunto, a vida anda mesmo muito mal, certo? Quando num local, aberto ao público, com muitos empregados, sempre com clientes em todo o lado, como é uma loja, alguém entra cedo, com passo apressado e decidido; parecendo já conhecer os "cantos á casa"; e nos rouba nas próprias barbas... Ela fugio, mas e se me tivesse atacado, com uma qualquer arma? Quem sabe os motivos que a levou a praticar tal delito? É caso para dizer... Viver a quanto obrigas!

    Minha querida, fica bem, cuida-te!

    Com amor e carinho!

    Angell
    _____________
    Foto: Sharp GX20 - Fonte: Mojatapeta

    18 Comments:

    Blogger whitesatin said...

    Minha querida amiga,
    que história mais incrível! Seres assaltada no teu local de trabalho! E porque teve que ser o teu telemóvel? E porque teve que ser a tua mala?
    Que coisa mais estranha...
    Nunca tinha ouvido nada assim.
    Bom, mas recuperaste o télélé. Nada mal :)
    Quanto ao $$, olha, que lhe faça bom proveito!
    De facto, viver neste mundo está cada vez mais complicado.
    Toma cuidado contigo :)
    Beijinhos

    12:08 da manhã  
    Blogger Idiota said...

    Isto tá mau, tá....

    Eu, podia-te contar mil histórias, mas prefiro não o fazer...
    deixo-te com um simples suspiro de compreensão, talvez um ombro amigo se aceitares...

    Não gosto destas coisas, não as percebo, mas simplesmente também não consigo enteder as falhas... Porque não se pode só culpar a pessoa q faz e fez isto... no limite a culpa é minha e tua... enfim que mundo é este... que desamparo, que sufoco será necessário para no auge da saturação se começar numa engrenagem de mafiosidade sem fim????

    Que inocencia será a minha ao pensar assim?

    Penso que para ti o remédio serão uns bons goles de àgua. Para mim umas chávenas de chá de mentol... Depois, um fechar de pestanas, de alma vazia, num deitar desprendido de memórias...

    Beijo,
    E hoje excepcionalmente um abraço forte...e que te faça sentir melhor no mundo...

    12:47 da manhã  
    Blogger Memory said...

    Angell,
    Que história mais recambolesca. Hoje em dia já nem no local de trabalho há segurança com os nossos bens. Só mostra o estado em que o País chegou. Mas ainda bem que conseguiste recuperar o ''teu meio de comunicação''. Não recuperaste o dinheiro, mas deixa lá, que apesar de tudo tiveste sorte.
    Bjs

    12:51 da manhã  
    Blogger Idiota said...

    Ok senti que estive muito ligado a mim... por isso deixo novo comentário...
    Ainda bem, qu eficas-te com o teu telemóvel, (se calhar o melhor (pq podes perder ;) ) uma agenda e apontares os numeros vitais, ja agora eu tbem devia ;) )....
    Chato ter levado os €€, ...
    (Refila ao patrão e diz que não há condições... ok... se calhar não serve de nada...)

    Bem espero-te bem, afinal o susto já passou...(espero eu!)

    Beijo

    2:47 da manhã  
    Blogger Angell said...

    Whitesatin,
    Minha querida amiga,
    Parece incrível, mas assim foi. Eu havia-me cruzado com ela na direcção oposta dos WC. Confesso que não fui muito com a "cara" dela. De facto acabei por voltar alguns minutos depois. Reparo na porta entreaberta e na luz acesa. Quando a abro, ficámos as duas surpresas. Eu nem sabia bem o que pensar; ao ver uma pessoa completamente estranha ali. Só me deu para perguntar, se tinha-se enganado na casa de banho. Quando ela fugio, eu fiquei preplexa e veio-me logo á memória que se calhar o melhor era verificar o meu cacifo. Pois, é ali que fechadas guardo (guardava) as minhas coisas. Tive dificuldade em o abrir; tinha sido forçado. Constantei então o que temia, tinha sido roubada... O facto, é que só eu (e uma colega, que encontra-se de férias), teimamos em utilizar os cacifos; as restantes guardam ao pé delas, na caixa (local de pagamento dos clientes, com vidro e porta), secretárias e balcões. Enfim, poderia ter sido pior. Mesmo assim já foi um susto.

    Sim, pelo menos recuperei o tlm. :)

    Realmente este mundo está cada vez mais complicado.

    Obrigada amiga, eu terei cuidado comigo! Espero o mesmo de ti! :)

    Bjs!

    10:00 da manhã  
    Blogger Angell said...

    Idiota,
    Isto está mesmo a ficar muito mau...

    Obrigada pela tua compreensão e ombro amigo! :)

    Sabes, podem até dizer que no fim, a culpa é minha, tua, de nós, no geral. Eu acredito que a culpa centra-se na falta, na carência das pessoas. Para sobreviverem são obrigadas a furtar os bens dos outros. Estou a falar a nível de alimentção; mas outros factores como a droga, também podem entrar. No fundo, é sempre injusto para nós; e para aqueles que gostariam de poder viver com dignidade... Mas, a verdade, é que somos sempre nós a pagar; porque quem deveria arranjar soluções, não o faz... :(

    Para mim, a água é completamente vital; mas em cima do almoço bebi um chá de camomila. :)

    Obrigada pelo beijo e o abraço forte, meu amigo! :)

    O mesmo para ti!

    10:25 da manhã  
    Blogger Angell said...

    Memory,
    As pessoas arriscam, mesmo que venham a ser apanhadas. Foi impressionante quando a vi tão decidida, passos firmes e rápidos a passar por mim. Parecia saber muito bem onde ir. Por achar tão estanho é que fiquei a pensar; e ainda bem que voltei...

    Sim, esta é a realidade que estamos a viver. Este é o país que estamos a viver!

    Sim, pelo menos recuperei o "meu meio de comunicação". Para além do valor dele em si; está o valor dos contactos, e das fotos. :)

    Sim, tens razão, eu tive muita sorte!

    Bjs!

    10:36 da manhã  
    Blogger Angell said...

    Idiota,
    Eu já tinha pensado em passar todos os contactos para uma agenda; mas fiquei sempre por ai... Pois, que de cor sei três ou quatro números. :)

    É sempre chato ficarmos desfacados dos nossos €; o que vale é que não era muito (12.00€); enfim...

    O patrão não iria ligar; aliás nem deve de chegar a saber. :)

    Eu estou bem obrigada! Hoje até é a minha folga. :)

    Bjs!

    10:48 da manhã  
    Blogger Idiota said...

    «Mas, a verdade, é que somos sempre nós a pagar; porque quem deveria arranjar soluções, não o faz... :(»
    Desculpa Angell, mas não me parece exista simplesmente alguêm concretamente definido para poder dar soluções a este problema... acho que cada um de nós deveria de dar o que pudesse... e não falo de dinheiro, nem falo daqueles que já es´tão e não há volta a dar, porque acredito que existe situações que simplesmente é assim que se tem que viver... Bem, mas isto é parlapier e se calhar o melhor é parar....

    Bem, pois, não sei há quem diga que o mais importante na vida são os €, eu não acho...(ou melhor, acho que é importante) mas parece-me que o fundamental é que te sintas bem sem traumas e tranquila para enfrentares os teus dias de trabalho...

    Boa folga, eu vou ter que dar o litro :P ... (a estudar :p)

    Beijo.
    PS-Esses patrões indiferentes :))), devias pedir um subsidio de (in)segurança no local de trabalho :))) ;)

    12:55 da tarde  
    Blogger DUCA said...

    Pois no meu local de trabalho, de vez em quando também acontecem dessas.
    Mas, no fim de tudo, não se pode dizer que não tenhas tido sorte o que não é de admirar, pois esta não falta a pessoas de carácter como tu. Não te conheço pessoalmente, mas basta ler-te para o perceber.
    Foi-se o dinheiro mas ficaram os documentos e o telemóvel.
    O teu colega foi um porreiro que merecia uma medalha. Deve ter batido um recorde qualquer. ;O
    Beijo

    2:35 da tarde  
    Blogger Maria José said...

    Só nos apercebemos da fragilidade do que somos e temos fisicamente, quando deparados com algo do género; no momento em que vemos o desaparecer do que parecia improvável ou impossível...

    2:57 da tarde  
    Blogger wind said...

    Cada vez há menos segurança.
    Felizmente que não foste agredida e recuperaste o telemovel:)
    Beijos

    4:15 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Idiota,
    Sabes rapaz eu compreendo o que queres dizer; talvez não exista alguém definido para seleccionar este problema. Talvez todos nós devamos dar o nosso melhor para tentarmos mudar o que não está bem. Infelismente são situações que acontecem, e em todo o mundo; seja um país abonado ou não. Chamado de grande potência, ou não...

    Não te preocupes, rapaz! Não direi que estou pronta para outra, claro; mas o susto já passou! Amanhã lá estarei novamente, pronta para o batente! :)

    Obrigada, e para ti, bons estudos! ;)

    Bjs!
    Talvez não fosse má ideia... :)))

    5:14 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Duca,
    Vejo que isto também sucede no teu local de trabalho! Pois, temos que nos precaver com os nossos haveres, é o melhor.

    Obrigada pela tua simpatia e gentileza. És uma querida, rapariga! :)

    Sim, o principal eu consegui ficar com eles.

    Acho que nunca vi ninguém a correr assim, como ele. Suponho que ele batia a qualquer Carlos Lopes. Dei-lhe dois bjs no final e prometi que lhe pagava, um café. Isto claro, quando tivesse dinheiro comigo! ;O

    Bjs!

    5:28 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Maria José,
    Como tens razão! Pensamos ás vezes que determinadas situações são improváveis. Em tantos anos que a firma tem (uns 40 e tal); nunca ouvi que um estranho foi apanhado em flagrante a furtar. Pelo menos não me tentou agredir...

    Bjs!

    5:36 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Wind,
    Pois é rapariga; ainda bem que tudo correu bem! :)

    Bjs!

    5:38 da tarde  
    Blogger Fogo said...

    lol..Há com cada um...
    brigado pelo teu comment...
    ainda bem t recuperas-te a o teu telemovel..se fosse o meu a pessoa que o roubasse ia ficar chocada com as mensagens que la tenho..lol..nao pelo conteúdo mas pelo remetente..lol..
    temos sempre um bocadinho de sorte na vida..mesmo que seja só um bocadinho.
    Beijinhos..
    Fica bem...

    8:30 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Fogo,
    Ora de nada!
    Felismente que o recuperei! O tlm é um objecto muito pessoal. Os contactos, as mensagens, mostram um pouco daquilo que nós somos. :)

    Sim, nem tudo pode correr mal, ou ser mau nesta vida! Ainda bem que assim é! :)

    Fica bem, rapariga!

    Bjs para as duas!

    10:11 da tarde  

    Enviar um comentário

    << Home