sábado, setembro 01, 2007

  • Angell
  • Amanhã...

    Minha querida, os meus olhos estão cansados de tudo ver, e nada ver... Os dias passam a fio, como um filme, em que eu não sou a realizadora, apenas a protagonista que; vai criando o seu papel da melhor maneira possível... Vejo rostos fatigados e desanimados e eu no meio a ser constantemente atraida para eles. Que tempos, em que as gentes perdem o brilho da alegria, estampado num sorriso; ou num olhar vivo... As cores da alma esbatem-se, confundem-se, ofuscam-se e projectam-se a preto e branco. Sonhos perdidos, nunca alcançados e agora sem esperanças de concretização. Aqueles que foram imaginados e guardados com tanto carinho, ansiados num futuro, que o sendo, vão se esfumando e transformando em brisas quentes e sofucantes. Eu tento lutar sozinha no meio destas tormentas que me tentam tragar e é pensando em ti, que a minha luz interior ainda fervilha de esperanças, de sonhos; onde o teu apoio, a tua força se irá fundir com a minha. Onde um amanhã a duas preenche o meu coração; onde esse grande projecto chamado felicidade surgirá e me levará. no caminho por lugares árvoreados, floridos, perfumados, com tonalidades azuis, verdes e castanhas... da natureza. Onde os verdadeiros amores continuarão a ser escritos, e a confirmação de que não são uma quimera, mas uma realidade...

    Com amor e carinho...

    Angell
    _________________________

    Foto: My Way

    16 Comments:

    Blogger By Alma Nova said...

    Minha amiga, será que te contaminei com a minha recente amargura, a ti que sempre mostraste essa força e coragem indomáveis? Vamos, Acredita...os sonhos podem ser reais!

    10:54 da tarde  
    Blogger Maria José said...

    Protagonista sem poderes de realizadora. Sim, talvez. Mas não serão os actores das peças reais, como aqueles das outras que nos fascinam no palco ou fechados numa caixinha digital, improvisadores? Cavalheiros e damas que imprimem um pouco da sua visão, pensamento e paixão, ao, quantas vezes, frio argumento? Gente que dá vida a uma história jamais credível se não representada com um quê de pessoal, mesmo que distante e não revelador de si?

    Protagonista sentindo presas a braços e pernas, pequenos cordeis que guiam desfechos indesejados num palco de marionetas inexpressivas. Boneca de trapos esquecida na mansão daquelas outras de porcelana fina, sem esperança de um dia, qualquer, em qualquer tempo, sentir crescer os sonhos.

    Actriz que ainda consegue ver mais além, porquanto desabafa e vislumbra ainda a essência das ambições que um dia viu nascer.

    10:46 da manhã  
    Blogger sonhadora said...

    Esta carta é um pouco mais triste mas lindissima na mesma! Adorei como todas as outras... Luta sempre.. =)

    ********

    6:05 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Alma Nova,
    Minha amiga, obrigada pelas tuas palavras! :))

    Tem alturas em que nos sentimos um pouco mais enfraquecidos! Especialmente quando tudo á nossa volta, todos assim o estão... Lutar por nós e tentar dar um pouco de alento, um sorriso a quem nos rodeia; nem sempre é fácil! Nada é nos ofertado nesta vida; temos que lutar por tudo. Não temas amiga; eu sou teimosa e demasiado sonhadora e óptimista... Por isso ainda ando por cá em busca desse amor que me move; e que eu sei que não é uma quiméra; mas que será indubitávelmente... uma realidade! :))

    Desejo que essa tua amargura seja passageira; que te sintas fortalecida e que tal como eu; acredites... que "...os sonhos podem ser reais!" :))

    Bjs!

    7:26 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Maria José,
    Como tu dizes sempre tudo! Como lês o que está e não está visivel... :))

    Eu sou uma actriz num mundo real. Onde espera (tal como nos filmes, ou palcos); por um desfecho feliz! Porque sou teimosa para tal.

    Posso até fraquejar, afinal sou simplesmente humana e tenho fraquezas como tal... Mas há algo que me puxa, me eleva e me faz palmilhar este mundo... Esse amor pelo qual espero; e que me aguarda algures nesta vida...

    Ai, serei finalmente, uma mulher feliz! :))

    Bjs!

    7:36 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Sonhadora,
    Obrigada; e sim, esta carta é um pouco mais triste... Mas a esperança está lá na mesma. Porque como diz o ditado; "Quem espera sempre alcança"; e eu espero que assim seja... :))

    Eu lutarei sim, e acredito rapariga! :))

    Bjs*****

    7:42 da tarde  
    Blogger Special K said...

    Olá rapariga, nunca desanimes, a esperânça é sempre a última a morrer. Um beijinho.

    9:24 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Special K,
    Olá rapaz! Sim, é bem verdade que a Esperança é a última a morrer! Eu não vou desanimar! :))

    Obrigada pela força!

    Bjs!

    7:32 da manhã  
    Blogger Memory said...

    As grandes conquistas geralmente correspondem sempre a incansaveis lutas. Nunca percas a esperança de lutar por aquilo que acreditas. Geralmente há sempre a recompensa das grandes lutas, mesmo que estas tenham de levar muito tempo a ser conseguidas.
    Muita força nessa luta é o que te desejo, amiga.
    Fica bem rapariga.
    Bjs

    12:33 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Memory,
    Como tens razão, amiga! As grandes conquistas são isso mesmo... Mas eu sou teimosa, eu não vou perder as esperanças, de alcançar aquilo em que acredito! :))

    Sim, é isso que me motiva; que irei ser recompensada da minha luta; mesmo que signifique um tempo sem fim... Esse dia chegará! :))

    Obrigada pelo teu apoio, a tua força, amiga! :)))

    Fica bem rapariga!

    Bjs!

    10:43 da tarde  
    Blogger Adoa said...

    Olha, aproveita o momento. quando estiveres com a pessoa amada, esquece-te de tudo o resto. Sempre que vires que algo vai acontecer, pensa no que é mais importante...
    Seize the Day
    Carpe Diem!

    Tenho dito! :)

    11:05 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Adoa,
    Eu tento aproveitar os momentos... Quando encontrar a pessoa amada, certamente que esquecerei de tudo... Sim, o mais importante é o amor! Por ele vale a pena sempre viver! :))

    Carpe Diem!

    Bjs!

    11:37 da tarde  
    Blogger Adoa said...

    Ainda não encontraste a pessoa amada... Isso é uma emoção, procurar... muito cansativo também mas permite sonhar tanto!
    Estás nessa fase do sonhar como irá ser!!
    Claramente PEIXES!!!
    CARPE DIEM

    4:38 da tarde  
    Blogger Açucena said...

    Mais uma linda carta de amor...mas tão triste...espero que não reflita por completo o teu estado de espirito...
    Beijinhos e ânimo!

    9:43 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Adoa,
    Pois é isso... Ainda não a encontrei... Sim, eu sou uma sonhadora nata! :))
    Claramente PEIXES, tens razão!!! Lololol

    CARPE DIEM

    Bjs!

    11:40 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Açucena,
    Esta é um pouco mais triste, reflecte a minha luta para não me deixar "levar"; pela onda de negativismo que as pessoas deixam entrar nas suas vidas... Que nos rodeia, e é nesse amor, que há-de chegar que encontro forças para continuar; e quando for real; será nele que as minhas forças serão unas ás dela... :))

    Não deixo que seja o meu estado de espírito; porque eu luto, remo contra a maré... Porque acredito no amor! :))

    Obrigada pela força!

    Bjs para as duas!

    11:58 da tarde  

    Enviar um comentário

    << Home