quinta-feira, agosto 16, 2007

  • Angell
  • O Pequeno Príncipe

    Depois de ter encontrado este pequeno livro, em quase todas as escolhas dos 5 livros favoritos; de quase todos o terem lido, e de me dizerem que iria gostar de o ler, pois ainda não o tinha feito... Hoje acabei por o fazer! Resultado, foi quase de uma enfiada, sem respirar ou pestanejar que o fiz.

    Adorei este pequeno livro, que pode ser para crianças; mas onde aprendemos grandes lições, e que até é dedicado á criança que um amigo do autor foi...
    Todos nós já fomos um dia crianças. O problema é quando crescemos e deixamos essa inocência nos abandonar. Quando ficamos fechados para o que é simples, belo e verdadeiro...

    Realmente o "cativar" é tão importante; bem como o "Só se vê com o coração. O essencial é invisível para os olhos".

    Somos responsáveis por aquilo que cativamos. Poderá haver milhões de flores, de raposas; mas aquela flor, aquela raposa sentimo-la nossa, e procupamo-nos com ela. Criamos laços de amizade...

    Resumindo, para aqueles amigos que me disseram que eu tinha que ler este livro, obrigada! Adorei este pequeno grande livro. É agora um dos meus favoritos...

    ______________

    Foto: Fácil de Entender

    26 Comments:

    Blogger Madelyne said...

    Humm...
    Já o li praí 3 vezes... E ainda não consegui perceber porquê tanto fascínio...
    É muito bom, é um facto. Mas não é dos meu preferidos... Acho que sou demasiado insensível para esse livro... ;p

    * :)

    8:40 da tarde  
    Blogger sonhadora said...

    Ah eu faço parte desse grupo de gente que ainda não leu esse famoso livro =/ já ando há que tempos para ler mas ainda não aconteceu. Bem mas se também tu dizes que é bom, terei mesmo que ler! =)

    Beijinho*

    9:40 da tarde  
    Blogger wind said...

    já o li e reli milhares de vezes e descubro sempr algo novo, mas o qe me fica é o que focaste:somos responsáveis por aqueles que cativamos e o essencial é visto pelo coração.
    Apanhaste o espírito do livro com a tua bonita sensibilidade:)Beijos

    9:48 da tarde  
    Blogger Caracolinha said...

    Um dos livros da minha vida sim ... sem a menor sombra de dúvida ... foi o que disse lá na casca ... é a prova que as grandes joias veem sempre em embalagens pequenas ... :)

    Sabes que já o li várias vezes e o turbilhão de emoções é de tal ordem que parece que é sempre a primeira vez ...

    Um livro da minha vida que agora também é da tua ... nada de novo, tendo em conta a espectacular pessoa que és ... :)

    Beijinhos nas tuas asinhas macias minha anjinha linda ... :)

    11:46 da tarde  
    Blogger MC said...

    A ser um livro para crianças, talvez fosse bom acrescentar que é para a criança que (sobre)vive dentro de cada um dos que se dispõem a lê-lo... É um livro intemporal, maravilhoso... que contém tudo o que as pessoas grandes se permitem perder pela vida... e tudo o que só as crianças se permitem conter... e tantas, tantas coisas que tornam a vida tão mais feliz...

    Numa palavra: maravilhoso! ;-]

    Bjos

    1:49 da manhã  
    Blogger S.M. said...

    Eu sabia que ias gostar... Pode não ser "O Livro" do século XX, mas é seguramente um dos livros da vida de muita gente, principalmente daquelas pessoas que, contra tudo e todos insistem em ver, sobretudo, "com o coração".
    Bom fim de semana e boas férias para tod@s ( se for o caso). Bjs

    3:49 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Madelyne,
    Nem todos podemos gostar do mesmo. Aliás isso não teria graça nenhuma! :)

    Eu ainda não tinha lido o livro, e tive curiosidade, por tanta gente o ter feito, e o eleger com um dos seus 5 favoritos...

    Na sua simplicidade encontrei algumas lições de vida. Gostei! :)

    Bjs!

    9:01 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Sonhadora,
    Eu gostei muito, e acho que vais gostar também! Obrigada por acreditares assim tanto na minha opinião! :))

    Bjs!

    9:05 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Wind,
    Um pequeno grande livro, rapariga! :)

    Sim, somos responsáveis por aqueles que cativamos; e o essencial é ver com o coração! :)

    Bem verdade! :)

    Bjs!

    9:18 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Caracolinha,
    Molusquita, pode ser um livrinho realmente pequeno; mas o que encerra é grande. Uma joia, como tu afirmas! Tens razão! :)

    Ah livros que nos agarram para sempre! :)

    Sim, agora é um dos meus favoritos também! :)

    És sempre uma querida! :))

    Bjs angelicais na tua doce casquinha, linda! :)

    9:24 da tarde  
    Blogger Angell said...

    MC,
    É muito mais do que um livro para crianças. É para a criança que está encerrada (sobrevive) em cada um de nós! :)

    Um livro intemporal, é verdade! Devemos tentar sermos felizes, e observarmos as belezas que nos rodeiam; e nos enchem o peito de alegria! Sermos inocentes e verdadeiros como (sendo sempre) uma criança! :)

    Bjs!

    9:30 da tarde  
    Blogger Angell said...

    S.M.
    E tens razão rapariga, eu gostei mesmo! :)

    Compreendo agora o porque de tanta gente o eleger. É tão simples, e tão verdadeiro. :)

    "Ver com o coração", assim é que deveria de ser sempre... :)

    Obrigada pelo fim de semana, para ti também, rapariga! :)

    Bjs!

    9:37 da tarde  
    Blogger By Alma Nova said...

    Eu sabia, minha amiga, que ias ficar estarrecida perante tamanha sensibilidade e beleza. Este livro está cheio de imagens que só os puros sentem e entendem. Jokitas.

    11:17 da tarde  
    Blogger Girl Blue said...

    (Deixei-lhe um desafio aqui)

    11:25 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Alma Nova,
    E tu sabias muito bem amiga! Foi assim que eu fiquei. Belas imagens é verdade! Sei que também é um dos teus predilectos! :))

    Bjs!

    8:47 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Girl Blue,
    Sê bem vinda aqui ao "Imagine"! :)

    Eu vou ver qual é o desafio, obrigada! :)

    Bjs!

    8:49 da tarde  
    Blogger Special K said...

    Feliz é o adulto que nunca deixa de ser criança.
    Beijinho e bom domingo.

    7:03 da manhã  
    Blogger Angell said...

    É isso mesmo, rapaz! :))

    Bjs e bom domingo!

    10:50 da manhã  
    Blogger Memory said...

    Li e reli várias vezes este livro e adorei a simplicidade e a profundidade ao mesmo tempo do mesmo. É efectivamente um excelente livro, de tal forma que quando estamos em baixo, devemos pegar nele e relê-lo para fortalecer o nosso ''interior''.

    Fica bem rapariga,
    Bjs

    11:31 da tarde  
    Blogger Sweet Porcupine said...

    Olá Angell,

    este é sem duvida um dos meus livros de eleição, e quer-se queira quer não super actual!

    Visto teres gostado, experimenta ler também "o gato que ensinou a gaivota a voar" de Luis Sepúlveda!
    Extraordinário!

    Beijinhos ouriçados e de novo no "batente!"

    3:04 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Memory,
    É um pequeno livro mágico! Ainda bem que existem livros que nos animam, nos "cativam" igualmente; e é bem verdade que de vez em quando; precisamos de fortalecer o nosso "interior"! :)

    Também um dos teus predilectos! :)

    Fica bem rapariga!

    Bjs!

    9:53 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Sweet Porcupine,
    Um livro sempre actual, bem verdade! :)

    Obrigada pela dica desse livro. Irei procurá-lo! :)

    Bjs angélicos e bom regresso para o "batente"! :)

    Bjs!

    9:56 da tarde  
    Blogger bitter-sweet said...

    A minha mesa-de-cabeceira já o recicla há anos...

    4:02 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Bitter-Sweet,
    Então também já o "reciclaste" várias vezes com leituras... :)

    Bjs!

    7:47 da tarde  
    Blogger Maria José said...

    Um livro de muitas leituras, que crescem com aquele que repete o olhar sobre as suas páginas repletas de pensamento. E sentimento.

    12:44 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Maria José,
    Um livro para ler e reler... Onde os pensamentos e sentimentos são a base da sua leitura... :)

    Bjs!

    2:46 da tarde  

    Enviar um comentário

    << Home