terça-feira, maio 29, 2007

  • Angell
  • Flor do deserto...

    Minha querida, tenho algo a confessar-te... Eu vivo no deserto... Tenho um dromedário que, é um tracção ás quatro rodas expectacular. Quando quiseres dar uma volta, com visita expressamente guiada, manda-me um email para o portátil. Sim , porque há o deserto, mas eu gosto de certas comodidades. No entanto, espera as vistas que os olhos podem alcançar, num mar de dunas; mas o Céu, esse é igual, da mesma cor. Acredita! Vou-te levar ao Oásis, onde te poderás refrescar com um sumo de laranja e água bem fresquinha. Posso arranjar alguns cocos também; que o Geremias (o meu macaco, de estimação) irá buscar. Espera á cocos no deserto??? Estou a ficar confundida! Imagina que eu sou o Lawrence da Arábia; mas no feminino (pequena já sou); mas sem as guerras pelo meio. Um pouco de romântismo á luz das estrelas; bem embrulhadas nas mantas e com uma fogueira acesa... que tal? Posso levar o telescópio; embora o espaço para a bagagem não seja muito. Um manjar de lagartos, ou cactos para o jantar; pois que supermercados, não há a léguas de distância. Por favor injere muitos líquidos que o hospital fica só do outro lado das pontes; ou mais ao norte. Não quero correr riscos de adoeceres. Eu levo a mala dos primeiros socorros, por isso fica descansada. Se quiseres ficar a passar a noite comigo, na tenda tenho a parabólica, que apanha todos os canais, a aparelhagem, o telemóvel para comunicar, tudo movido pela energia eólica de um grande moinho; que me custou uma pipa de massa. Nem imaginas como ele trabalha, quando o vento, com tempestades de areia o fustiga. Pensa bem se me queres conhecer. Darei-te um ramo de flores apanhadas entre as dunas, e tu serás a minha flor do deserto...

    Beijos áridos:

    Angell
    ____________

    Pois é, moro na Margem Sul, e ela não é nenhum deserto. Só por curiosidade, na percentagem em totais, temos: População 766 172 * Escolas 735 * Universidades 12 * Tribunais 13 * Hospitais 6 * Médicos 1662 * farmácias 168. Os números falam por si...
    ____________

    Fonte: Correio da Manhã de 25/05/2007
    ____________
    O significado da palavra Deserto na Wikipedia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Deserto
    ____________

    Foto: Flor do deserto... - Autor: Erik Reis - Fonte: Olhares.Com

    22 Comments:

    Blogger Idiota said...

    lol, parece que os gatos já não podem miar qualquer coisa...;)

    Tracção às quatro ;) as dunas não perdoam ;)....

    No deserto deve ser espectacular para se poder ver estrelas... sem a luz a interferir na visualização... no Alentejo já é bom ;) imagino no deserto...

    (parabólica isso é só comodidades ;) )....

    Beijo...hum ... molhado !??! ok, Beijo normal mas com uma garrafada de água para eventuais necessidades de apaziguamento de aridez...;)

    10:52 da tarde  
    Blogger wind said...

    Gargalhadas, bela sátira ao comentário do fulano sobre o deserto ao sul:)
    Beijos

    11:46 da tarde  
    Blogger Siona Atreides said...

    Hmm, um deserto desses merece um reflector Dobsoniano de umas 10 polegadas! ;)

    (o peso é que é uma desvantagem séria - 25kg não faz desse tipo de brinquedos uma coisa muito portátil!)

    2:07 da manhã  
    Blogger Maria José said...

    Dirão os mais inatentos, que o deserto é lugar de morte, visões irreais, privações, calor escaldante ou frio sideral depois do sol descer. E até pode ser. Tanto real, como figurativamente.

    Mas, por que não também esse lugar de sonhos para onde podes resgastar quem queres ter por perto, só contigo?

    :)

    7:10 da manhã  
    Blogger Som Do Silêncio said...

    Hehehehehe adorei essa da tracção às 4 rodas.
    Mas o deserto faz das suas, tem as miragens... os delirios...
    Um beijito

    5:34 da tarde  
    Blogger Special K said...

    Eu conheço bem o teu deserto, tenho lá vários familiares. Quantas vezes não o atravesso para chegar à Festa do Avante ou para tomar uma banhoca na Fonte da Telha. Só tenho pena de nunca ter visto nenhum camelo, parece que o habitat natural deles é ali para os lados de S. Bento.
    Beijinhos

    7:32 da tarde  
    Blogger whitesatin said...

    LoL! Gostei :)
    Se a margem sul é um deserto, considera-me como uma miragem ;D

    Beijinhos

    10:41 da tarde  
    Blogger Wonder Woman said...

    Oh Angell manda um postal ao coitado do homem! trabalha tanto que nunca saiu de Lisboa!
    Dá -lhe um desconto !
    Faço um apelo, a malta arranja um fundo de maneio para o sr. viajar ate ao outro lado do rio.

    Mas se ainda assim se mostrar reticente... "- Se é um deserto, podia desenvolver o turismo de qualidade investindo em safaris, ganhava mais uns cobres para o estado e alem disso ficavamos para a europa como o 1º pais a ter um deserto artificial (alem do maior lago artificial)"

    1:30 da manhã  
    Blogger Maria said...

    Belíssimo sentido de humor. Fiquei a conhecer o deserto apesar de morar nele, algures numa duna, com vista para o rio.
    Na realidade minha amiga estamos a viver e a ser governados por loucos, só pode ou então somos nós o deserto da passividade, será?

    Kolmi
    Maria

    8:12 da manhã  
    Blogger Alma Nova said...

    Eheheh! Que bela maneira de começar o meu dia. Já me fizeste sorrir, logo pela manhã, debaixo deste sol abrasador do "deserto" onde vivo... Mas este país é assim, as areias que aqui se movem são perigosamente inertes e passivas...e por isso a desertificação alcançou o tamanho que tem. Jokitas.

    9:02 da manhã  
    Blogger Angell said...

    Idiota,
    Gatos, aqui no deserto, e a miar? Só se forem os fedorentos! esses miam sem parar! ;)

    O meu dromedário, é todo equipado com os últimos gritos, da tecnologia auto; abs, air-bags, GPS; mas não tem... ar condicionado; mas a tracção ás quatro rodas (patas); tinha que ter! ;)

    Pois, parabólca, porque tv por cabo, era preciso muito fio por baixo daquelas dunas todas... ;)

    O beijo árido, ajusta-se melhor ao contexto do sítio em questão! Mas com a ajuda de água iria melhor o dito, pois claro! ;)

    Bjs!

    11:16 da manhã  
    Blogger Angell said...

    Wind,
    Ai não... com que então um deserto? Podem haver chaparros, "montes", oliveiras; até mar há; mas deserto... nunca dei por isso! ;)

    Bjs!

    11:23 da manhã  
    Blogger Angell said...

    Siona Atreides,
    Bem vinda aqui ao "Imagine..." !

    Com um brinquedo desses; é que seria um expectáculo visionar o céu. Uma "bomba" de telescópio (no bom sentido). Acho que se estivesse acompanhada, a miúda iria ficar tão fascinada, que me cairia nos braços. Só que também acho que o dromedário não iria gostar muito do peso... Que pena... ;)

    Bjs!

    11:35 da manhã  
    Blogger Angell said...

    Maria José,
    O deserto até pode ser isso tudo; como tu dizes, e muito bem.

    No entanto, como sonhar é tão mais interessante; quem sabe eu não venho mesmo a resgatar, a minha princesa? :))

    Bjs!

    11:42 da manhã  
    Blogger Angell said...

    Som Do Silêncio,
    É que só dá mesmo, com a tracção ás 4 rodas... Senão ficamos atolados nas areias! :)

    As miragens, algumas podem ser muito boas... ou não! Um delirio febril... ou gélido no corpo, com palavras sussuradas sem nexo...

    Se for algo de bom; espero que sejam reais e não miragens! ;)

    Bjs!

    11:50 da manhã  
    Blogger Angell said...

    Special K,
    Vejo, que conheces bem o meu deserto! :)

    Penso que é para esses lados que há a maior concentração de raça camelónica e dromedária. Segundo um comentário que vi no "National Geographic Society". :))

    Bjs!

    11:59 da manhã  
    Blogger Angell said...

    Whitesatin,
    Olá rapariga, ainda bem que gostaste! :)

    Se tu és uma miragem; quem é que me tem escrito aqui no "Imagine...", com o teu nick? Querem ver que estou com alucinações, mesmo? ;D

    Bjs!

    12:06 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Oh Wonder,
    Eu escrever até que escrevia; mas receio que a missiva perca-se nas tempestades no deserto; ou que até caia da sacola do nosso homem dos correios.

    Teria que servir-lhe de guia turistica? Sabes, iria propor-lhe o que dizes! Um safari para os lados de Almada, Barreiro, Seixal, Moita, Montijo, Alcochete, Setúbal, Palmela e Sesimbra. Está o itenerário programado... É só abastecer os transportes de ração e água... ;)

    Bjs!

    P.S.: Achei piada quando disses-te "... ficavamos para a europa como o 1º país a ter um deserto artificial (além do maior lago artifícia)". bem visto, rapariga! ;)

    12:23 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Amiga maria,
    Obrigada! Mais uma companheira do deserto! Acho que o mundo está muito doente. O Homem tem contribuido para a destruição do mesmo, e das espécies; incluindo a sua. Quando os interesses económicos ficam sempre a ganhar aos humanos... estamos muito mal, mesmo! Talvez até sejamos igualmente um "... deserto da passividade...". Parece que estamos a regredir. Os poucos direitos que temos; estão a querer nos privar deles. Vivemos numa época pós 25 de abril, ou não? :((

    Bjs!

    12:39 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Alma Nova,
    Um sorriso, que bom, e logo pela manhã! Pelas minhas contas, já somos quatro a viver aqui entre as dunas, os cactos, os lagartos...
    Concordo contigo; pois somos conhecidos como um país de "brandos costumes". Só que acredito que as pessoas estão a começar a ficar fartas, e quando chegarem a um estado de saturação...

    Bjs!

    12:45 da tarde  
    Blogger Viz said...

    A desert rose (sting) para nós alentejanos lolololol

    5:48 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Viz,
    Essa música é lindissima, rapariga! Um deserto rosa, já imaginas-te? Tiveste uma boa "alembradura"; bem... já estou a falar alentejano... com que então, és mais uma das minha "Vizinhas", deste cantinho seco e árido! Cof, cof, desculpa, passou agora uma areizita pela minha frente; e eu estou no meu dromedário a escrever-te estas linhas... ;)

    Deste-me uma ideia para o meu próximo post! :))

    Bjs!

    9:06 da tarde  

    Enviar um comentário

    << Home