sexta-feira, abril 20, 2007

  • Angell
  • Ondas Gays No Ar

    Aos poucos, aos poucos... talvez cheguemos lá! Senão vejemos, a rádio, a tv e a web cada vez mais criam debates, notícias e filmes para a comunidade gay. Esta está a conquistar um lugar, nunca antes visto nos midia tradicional. Internacionalmente, o Brasil, o Canadá, a China e a Costa Rica; criam personagens gays nas novelas; programas com debates; rádios com o objectivo de chegar a todos (gays ou não) e combater a homofobia.

    Portugal também devia de seguir-lhes o exemplo. Chega de deixarem passar tudo ao lado. Dando a conhecer, informando realmente as pessoas para o que é a realidade gay, lés, tans, os preconceitos diminuirão certamente! Haja sempre esperanças! Aos poucos, aos poucos...
    ___________
    Fonte: http://gchannel.com.br/noticias/ler.asp?Ref=2&canal=Cult&NT=1189
    Foto: Sortido Online

    14 Comments:

    Blogger Maria said...

    Aos poucos amiga vamos continuando na mesma, mas não entendas isto como uma critica, simplesmente chega uma altura na vida em que pura e simplesmente mais vale nem ligar a essas bestas que de conversa só criticam, mas no privado são umas aberrações sem alma nem sentimentos.
    Beijitos

    2:51 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Querida amiga,
    Sei que na verdade tens muita razão! Sei que estamos fartas de bater sempre no mesmo e continua sempre tudo igual. As mudanças não são muitas, infelismente; mas somos nós (por poucos que sejamos) que tentamos as fazer... Pelo menos a nossa mentalidade é diferente... "Vive la différence", lá diziam os franceses!

    Fica bem, amiga! :)

    Bjs!

    7:39 da tarde  
    Blogger Special K said...

    As coisas vão mudando a passo de caracol mas o essencial é que vão mudando. Cada vez que penso que há poucos dias atrás vi pessoas do mesmo sexo de mão dada ou a namorar em plena rua fico a pensar: Será que Madrid é mesmo aqui ao lado?

    8:33 da tarde  
    Blogger Idiota said...

    Acerca de :
    "Portugal também devia de seguir-lhes o exemplo. Chega de deixarem passar tudo ao lado. Dando a conhecer, informando realmente as pessoas para o que é a realidade gay, lés, tans, os preconceitos diminuirão certamente! "

    Eu acho que só se sabe verdaeiramento o que é ser (ou o que é a realidade gay) quando se é... mas ser gay é assim tão diferente de ser pessoa???
    É que se é eu acho que vou ter muita dificuldade em perceber...
    E quem é que não sabe o que é ser pessoa?...
    O termo não será mais aceitação... e quanto às pessoas doentes??? Existem tantas.... e as pessoas têm medo delas...
    e da velhice...
    Não será o campo mais diferente e mais frágil mais dificil de aceitar... bem não sei... desculpa isto é o teu blog mas foi mesmo o que me deu vontade de escrever... é q para ti deve ser complicado a aceitação dos outros aos olhos do mundo, mas a mim faz me confusão essa tua preocupação...acho eu...sei la... eu não sei nada... eu vomito coisas..

    8:53 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Special k,
    Ainda bem que há mudanças que já vemos. Imaginar ver pessoas do mesmo sexo de mãos dadas e a namorar; isso seria um sonho tornado realidade... no nosso país. :)

    9:28 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Idiota,
    Ser gay, é ser igual ás outras pessoas; com os mesmos direitos, é disso que eu quero falar. Ser gay é dar a conhecer isso ás pessoas que não o são. Comprenderem que somos pessoas iguais a elas; apenas com uma orientação sexual diferente. Que não prejudicamos ninguém; apenas queremos ser felizes, como toda a gente.

    Claro que sou sensível ás pessoas doentes (a minha mãe que eu adorava; que morreu há 16 anos com cancro); a velhice que vejo no meu pai a chegar a passos largos. Eu vejo isso tudo; compreendo isso tudo. Acho que o governo devia de dar mais verbas aos hospitais, para suavizar (curar seria um sonho tornado em realidade); a vida de quem tanto sofre. A velhice, a velhice que quando estamos a chegar aos 40 os mais novos chamam-nos de "cotas". Felizes deles se chegarem a velhos e poderem serem aceites e compreendidos.

    Tudo é preocupante neste Mundo. Eu compreendo as tuas dúvidas. Quem não as tem de tantas e tantas coisas? Por isso é bom preguntarmos, para compreendermos o ponto de vista dos outros; e vermos o nosso...

    Não é que a realidade gay seja mais importante que a das doenças; ou a da velhice. O facto é que neste blog é sobre a homosexualidade que eu quero expressar as minhas ideias. No entanto; não quer dizer que não venha a comentar outros assuntos...

    Espero ter conseguido fazer-te compreender o que pretendo dizer!

    Fica bem! :)

    9:53 da tarde  
    Blogger Alma Nova said...

    É fácil dizer que os preconceitos estão a desaparecer mas é bem mais difícil sentir que isso é uma realidade. Na maioria das vezes, nem vale a pena dar-lhes ouvidos. "Vive e deixa viver", não há melhor lema de vida, dentro do mútuo respeito a que todos devíamos ter direito. Jokitas.

    10:09 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Amiga Alma Nova,
    Esse lema é bem verdadeiro "Vive e deixa viver". Seria fantástico se as pessoas o praticassem. Tens razão, temos que viver a nossa vida e "desligarmos" dos outros que não nos compreendem (ou não o querem). :)

    Bjs!

    10:28 da tarde  
    Blogger João said...

    Olá
    Belo blog e maravilhoso tema.Admiro e respeito ainda mais aquelas pessoas que tendo orientação sexual diferente das outras não têm vergonha de o assumir e de lutar para que as mentalidades mudem neste país que é tão evoluído em tantas coisas mas tão atrasado em tantas outras...
    Beijinhos e continua

    11:03 da tarde  
    Blogger Idiota said...

    Eu acho que não me expliquei bem...

    Eu não estou contra as tuas postagens! Ou contra os teus sentimentos! O que estou um pouco desconsolado é com essa preocupação em mostrar ao mundo esse sentimento que é interinseco a nós mesmos ( o de amar)...
    Seja ela de que maneira fôr!!! Qdo eu disse- sei que isto é o teu blog- era porcausa de eu estar a escrever sobre o que me tinha ocorrido e não a ficar limitado ao que tu tinhas escrito... E parece-me bem que se passe filmes informação etc... mas porquê o nome, de filme gay filme lesb, realidade gay ou trans??? O que é isso???... Não é um filme... então viva o cinema !!!! Sei lá... (será mesmo necessário mostrar às pessoas aquilo que no fundo todos sabem...??? Isso não será mais uma questão de orgulho afirmação e aceitação????) Bem desculpa mais uma vez... acho q se calhar tenho de começar a aprender a ficar calado...;)

    2:13 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Olá João,
    Obrigada pelas tuas palavras! As mentalidades ainda estão muito fechadas; mas temos esperança... :)

    9:47 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Idiota,
    Sabes rapaz, realmente amar é algo de tão nosso; tão pessoal. Tens razão. Eu já disse várias vezes e continuo a dizer que detesto rótulos nas pessoas. Não somos objectos para termos códigos de barras. Como já afirmei também; eu gosto de pessoas no geral; do convivio com elas, sem preconceitos de sexo, raça; entre outros factores.

    No fundo, o que eu gostaria é que mais pessoas pensassem assim. Esta, chamemos-lhe, teimosia pela afirmação, aceitação, dos direitos gays, lés, trans; é porque eu sei que muitas pessoas acham anormal, bizarro. Muitos há que marginalizam, como se fossemos criminosos. Nunca deviria de ser assim; tal como tu disses-te "...esse sentimento que é interinseco a nós mesmos ( o de amar)...
    Seja ela de que maneira fôr!!!".

    Seria muito bom poder sair á rua de mão dada; trocar uns olhares, uns carinhos; sem correr o risco de ouvir comentários menos próprios; ou de agressão. Ninguém tem nada a ver com a vida de ninguém. Viver escondendo o que sentimos; o amor, só porque é por uma pessoa do mesmo sexo, é muito triste.

    Todos deveriamos de ter direito á diferença, e pronto. "Todos diferentes, todos iguais"; como dizia o slogan.

    Só estou a pedir compreensão agora; para que no futuro; pudessemos todos viver numa melhor harmonia.

    Não precisas de pedir desculpas; em compreendo as tuas dúvidas e eu tenho tantas também...

    Fica bem! ;)

    10:36 da tarde  
    Blogger Idiota said...

    Obrigado ;) Axo que te estou a começar a entender... e eu fico feliz por isso :)

    12:20 da manhã  
    Blogger Angell said...

    Idiota,
    Rapaz eu também fico feliz por; estar a conseguir transmitir-te o que eu penso. ;)

    12:53 da manhã  

    Enviar um comentário

    << Home