quarta-feira, setembro 24, 2008

  • Angell
  • Que Nunca Caiam As Pontes Entre Nós!

    Ponte Vasco da Gama á noite - Autor: Jorge Alexandre Bernardo - Fonte: Olhares

    M.Voz - Porto, Abril 2008 - Fonte: Homepage. Iespana. Es

    Pontes entre nós...
    Criar pontes entre nós...

    Que se fortaleçam e mantenham!
    Que nunca caiam as pontes entre nós!
    Adoro-te! ; ))

    8 Comments:

    Blogger a said...

    A ponte é uma passagem entre duas margens que embora distantes se estreitam aos sons do Amor.

    6:46 da tarde  
    Anonymous Anónimo said...

    Ei Angell, bom dia! Já tarde aí em PT.
    Que bom ter descoberto o teu blog aí há uns dias atrás.
    Ando a visitar sempre, agora. Dá-me um certo alívio da saudade da minha amada, que anda aí desse lado.
    (Pedro Abrunhosa é demais! Há muitas músicas dele na nossa história)
    Ai, ai... S2 (risos)
    Nunca deixe de escrever o blog.
    Abraços!
    Susan Black.

    12:19 da tarde  
    Anonymous Paola Alvarenga said...

    amei tudo aqui no seu blog e de uma delicadeza superior trata do assunto com tal sutileza com tanto apreço

    de ti So torço sucesso


    Parabens!

    4:02 da manhã  
    Blogger Angell said...

    A,
    Simplesmente lindo o que escreveste! :))

    Lindo e verdadeiro!

    Bjs!

    11:45 da manhã  
    Blogger Angell said...

    Susan Black,
    Fico feliz por gostares do meu blog! :))

    Se para mim as saudades provocadas pela distãncia apertam; com uma diferença entre norte e sul do país! Imagina entre países e tão longe um do outro!

    Mas sabes... o amor ultrapassa tudo! As dificuldades, as agruras, diminuem quando o amor é forte!

    Quanto ao Abrunhosa, gosto das letras das músicas e da sua voz!

    Volta aqui sempre que queiras!

    Fica bem! :))

    Bjs!

    11:54 da manhã  
    Blogger Angell said...

    Paola Alvarenga,
    Seja bem vinda ao "Imagine"! :))

    Obrigada pelas suas palavras gentis!

    Volte sempre que queira!

    Sucesso para você também!

    Bjs!

    11:58 da manhã  
    Anonymous Anónimo said...

    Ei Angell!
    Com certeza, o amor ultrapassa MESMO tudo. Tem ultrapassado a distância nos últimos oito anos.
    O que eu posso fazer? O 'raio' da mulher resolveu conquistar-me, agora eu tenho de aguentar o caraças da distância (RISOS).
    Ces't la vie! ;)
    A voz do PA é fabulosa mesmo. É um dos poucos cantores portugueses que consigo encontrar alguma coisa aqui. São ele, o Paulo Gonzo e os Madredeus... o restante tenho de pedir a minha q'uida que mos mande. É uma pena. Os brasucas conhecem muito pouco da vossa música.
    Fica bem tu também, mulher.
    Beijinhos!
    Susan Black.

    6:34 da tarde  
    Blogger Angell said...

    Susan Black,
    O amor quando é verdadeiro e forte, tudo conquista! :))

    A distância também torna-se mais perto; e acabamos por a aguentar!

    O PA tem mesmo uma voz fantástica! Pena que a música portuguesa não chegue tão facilmente aí!

    Fica bem tu também!

    Bjs!

    9:34 da tarde  

    Enviar um comentário

    << Home